GCP Cloud SQL – Restauração de instância

Categories: GCP, TI
pt flag
en flag
es flag
Voiced by Amazon Polly

Imagine o seguinte cenário:

No universo de bancos de dados em nuvem, a necessidade de restaurar backups pode surgir devido a várias razões: um erro humano, falha em algum sistema ou até mesmo para criar um ambiente de teste. Independentemente do motivo, ter uma ferramenta que simplifique esse processo é essencial.

Apesar do Google Cloud Platform (GCP) oferecer uma solução robusta e escalável com o Cloud SQL, a restauração de backups pode ser um processo que exige múltiplos passos e certa familiaridade com a plataforma. Foi pensando nisso que desenvolvi o GCP Restore Tool.

Por Que Usar o GCP Restore Tool?

A ferramenta foi projetada com o objetivo de tornar o processo de restauração mais amigável e menos propenso a erros. Com uma interface gráfica intuitiva, você pode selecionar projetos, instâncias e o backup desejado para restaurar com apenas alguns cliques.

A maior vantagem? Você não precisa ser um expert em GCP ou lidar com comandos complexos. A ferramenta cuida de tudo para você.

Como Utilizar a Ferramenta

  • Instale a CLI da GCP
  • Abra o terminal e digite:
  • gcloud auth application-default login
  • Você será redirecionado para a tela de autenticação do console da GCP, faça a autenticação.
  • Olhe no terminal e ele terá retornado com algumas informações sobre a localização do arquivo
  • “application_default_credentials.json”
  • Esse arquivo é o que você deve carregar pelo botão “Load GCP Credentials”
  • Na seleção à esquerda, selecione o projeto e a instância de origem nos menus dropdown correspondentes.
  • Clique no botão “Load Backups” e a ferramenta irá listar todos os backups disponíveis para a instância escolhida.
  • Na seção à direita, selecione o projeto e a instância onde deseja restaurar o backup.
  • Após confirmar sua seleção, clique no botão “Restore”. A ferramenta fará todo o trabalho pesado para você, garantindo que o backup selecionado seja restaurado na instância de destino escolhida.

Este processo só funciona sobrescrevendo uma instância pré-existente, logo, você precisa criar uma instância no projeto de destino ou entender que esta atividade vai sobrescrever a instância de destino, tenha certeza de ter selecionado a instância certa.

Se tudo der certo, você vai receber uma mensagem que o processo foi enviado para a GCP, todo o processo ocorre em background pela GCP, então acompanhe pelo portal para saber o status da atividade.

No final, a instância restaurada vai ter o nome, IP, etc da instância que ela sobrescreveu, mas todos os usuários, senhas, bancos, ajustes pontuais, etc. da instância original.

Você pode baixar e acessar o código fonte no GitHub.

ATENÇÃO !!!

A ferramenta está em testes, então faça testes antes de executar a operação em produção.

Execute por sua conta e risco.

«
»

    Leave a Reply

    Your email address will not be published. Required fields are marked *